31.5.11

Benidorm

Pursuit of happiness

Este fim-de-semana tive oportunidade de ver este filme, com o Will Smith e a qualidade a que ele nos habituou. É um filme forte, baseado numa história verídica e que nos obriga a encarar a realidade de frente. É um filme que nos devia envergonhar, por nos queixarmos constantemente da vida e não sabermos ser felizes com o que está ao nosso alcance. É uma lição fantástica e recomendo a quem ainda não viu.

Done

É com estas cores que me vou vestir nas próximas semanas/meses. Mas quem dita é a estação, eu só obedeço! A propósito, duas das fotografias utilizadas no cabeçalho são da Alicia Bock, uma das minhas fotógrafas favoritas e que sempre me vai inspirando os dias.

Aviso aos leitores:

Informo que ainda não me encontro plenamente satisfeita com o aspecto deste blog e aproveito para adiantar que as mudanças ainda não ficam por aqui.
Sem mais assunto,
E.

Ainda sobre culinária:

Elejo estes dois ícones como os mais inspiradores nesta matéria. O que eu gosto deles!

Livro de receitas

Tenho uma imensidão de óptimos livros de receitas, para todo o tipo de comida. Tendo uma cozinha em condições, acho que tenho receitas para cada dia do ano! No entanto, há sempre aquelas receitas de família ou de amigas, que andam soltas e não as encontramos em livros. Para essas {a minha mãe tem imensas}, arranjei uma solução: comprei um caderno bonitinho e vou passá-las todas à mão. É que os livros de receitas manuscritos têm outro encanto! É quase como escrever histórias e isso agrada-me.

Ale-Hop

Esta é uma das minhas lojas de eleição. Lá encontro coisas que dificilmente arranjo noutros sítios e há produtos para todos os gostos. Sou capaz de lá passar uma meia-hora a ver tudo ao pormenor! A propósito, a última ida à loja valeu bem a pena.

25.5.11

Ó Coisas de Mim

Descobri hoje este teu blog! Já te recambiei para a lista aqui ao lado.

Brother MS4

Uma das prendas de casamento dos meus pais vai ser este lindo e útil brinquedo! Já imagino a quantidade de coisas que farei nela e já vejo a minha futura casa cheia de almofadas, cortinados etc., tudo ao nosso gosto. Este é daqueles investimentos que faz todo o sentido. Obrigada Papás!

Procura-se:

Vontade para fazer uma tese...

O meu noivo

Agora, sempre que se apanha com a minha nikon, é vê-lo tirar só fotos bonitas!
Descobrimos que tem jeitinho, ele.

20.5.11

Não me perguntem como...

...mas hoje passei o dia a ouvir isto. Ele é grande!

Ser-se complicado

É um facto: há pessoas que, por mais voltas que a vida dê, não mudam ou quase nada. Conheço umas poucas e confesso que há dias menos fáceis. Mas esta mania que eu tenho de nunca desistir e, pacientemente, vezes sem conta, ir fazendo ou dizendo o que posso, sempre na esperança que haja um clic. Sim, pode ser um defeito, mas vejo-o em grande parte como uma virtude. Seria, sim, um defeito caso se tornasse desgastante. Mas a verdade é que a minha paciência é renovada a cada manhã e desde que o respeito seja mantido, eu vou até ao fim. O meu único receio é não ser capaz de ser sábia nas palavras e escolhas. Nessas alturas, oro.

18.5.11

Taras & manias

Gostar muito de Matrioskas!
Para além de bonitas, têm um significado muito bonito {Mãe}.

Um jardim em casa

Há duas semanas, pus-me a fotografar o meu jardim caseiro. Até agora, ainda não tinha tido muita paciência para ir escolher algumas das fotos e postá-las aqui. Mas o post da Selma motivou-me. Uma casa com plantas é outra coisa! Alegra a atmosfera e dá leveza à decoração.
Duas delas oferecidas pela Ana {as restantes morreram...}, outras pela minha mãe. Há dois anos cheguei a ter, neste mesmo sítio, umas lindas violetas que acabaram por morrer, talvez por não se darem bem neste lugar. Só há uns meses é que retomei o meu mini-jardim. Já andava com saudades e acho mesmo que vale a pena!

Num email recebido hoje:

"Quando andas com uma Bíblia, Satanás fica com dor de cabeça;
Quando abres a Bíblia, ele desmorona; 
Quando ele vê que lês a Bíblia , ele desmaia; 
Quando ele vê que tu vives o que lês, ele foge."

Dramas

Eu tenho um problema muito grande com cabeleireiras. Ir a uma, só mesmo quando as pontas pedem e porque tem de ser. É que este meu cabelo encolhe imenso com um simples corte. Quanto mais se {como de costume e razão pela qual eu detesto ir à tesoura} as cabeleireiras nunca cortarem exactamente na medida que eu lhes peço e se esticarem a cortar. O resultado não é bonito de se ver, posso garantir. Sobretudo para mim, que andar de cabelo curto é um drama...logo agora que estamos em Maio e o bom tempo já anda por aí.

17.5.11

16.5.11

Este fim-de-semana


Foi daqueles extenuantes e com poucas horas de sono, mas cheio de momentos deliciosos. A minha nikon matou saudades dos disparos e eu vi-me finalmente longe das quatro paredes. Chegada a segunda-feira, restam muitas imagens para ver, outras tantas na memória e uma boa dose de dores no meu pé. Espero não me vir a arrepender de tanto esforço, mas para já, ainda acho que valeu toda a pena! Agora já só penso é num lindo fim-de-semana de praia.
{mais fotos aqui ao lado}

Com muita tristeza digo

...que este ano não vou poder ir à minha querida Feira do Livro. Ando tão por fora de tudo, dadas as circunstâncias de saúde, que só agora reparei que é Maio e chegou a época de uma das feiras mais bonitas que conheço. Lembro-me de ficar empolgada sempre que ouvia os meus pais a planear uma tarde para lá passar. Para mim, menos de 3 horas nunca eram suficientes para ver tudinho, ao pormenor! Era uma leitora compulsiva. Hoje, tenho outras leituras mais prioritárias e menos interessantes, mas mantenho o hábito de ler mais do que um livro ao mesmo tempo.

Vendo Polaroid!

É uma Polaroid Joycam 500, oferecida como presente de aniversário {há uns anos} pela minha querida tia Nice.  Ela está muito bem conservadinha e é muito prática. A quem estiver interessado, está a um bom preço.

Se isto não é uma delícia...

A minha prima Maria, que vi crescer embrulhadinha em formato feijão e nascer pequenina, está mesmo crescida. Do alto dos seus 7 anos, completados há dias, tem muito jeitinho para desenhar, mas como se isso não bastasse, de vez em quando surpreende-nos com coisas deste género:
É claro que, daqui a uns meses, quero ver este desenho pendurado na nossa sala!

Meme Literário

A Coisas de mim lancou-me o desafio de responder a este Meme Literário. Só por ser ela, vou-me dar a este trabalho:

1. Existe um livro que tu lerias e relerias várias vezes?
    - Detesto ler livros mais do que uma vez, mas o único livro que não me incomoda nada reler é, sem dúvida, a Bíblia. Há passagens lindas e importantes, que nos esquecemos com facildade.

2. Existe algum livro que começaste a ler, paraste, recomeçaste, tentaste e tentaste e nunca conseguiste ler até ao fim?
    - Julgo que já foram uns quantos, mas que me lembre, Memorial do Convento de Saramago. Apesar de não ter desgostado do que li!

3. Se escolhesses um livro para ler para o resto da tua vida, qual seria ele?
    - Não me quero repetir, mas a Bíblia seria esse livro.

4. Que livro gostarias de ter lido mas que, por algum motivo, nunca leste?
    - O Paraíso e o poder, Robert Kagan
    - Cem anos de solidão, Gabriel García Márquez
    - A ilha do dia antes, Humberto Eco
    - A ordem natural das coisas, Lobo Antunes
    ...entre outros.

5. Que livro leste cuja 'cena final'  jamais conseguiste esquecer?
    - Tudo o que sobe deve convergir, Flannery O'Connor. Oferecido pelo meu caro amigo Nuno Fonseca.

6. Tinhas o hábito de ler quando eras criança? Se lias, qual era o tipo de leitura?
    - Imenso! Desde os clássicos da Disney, passando pelos conhecidos "Uma Aventura", as aventuras de Júlio Verne, a história da baleia Mobidick, as viagens de Gulliver, etc.

7. Qual o livro que achaste 'chato' mas ainda assim o leste até ao fim? Por quê?
    - Sei que os ouve mas sou franca, não me recordo.

8. Indica alguns dos teus livros preferidos.
    - Céu em fogo, Mário de Sá Carneiro
    - Cinco quartos de laranja, Joanne Harris
    - Odisseia, Homero
    - Como água para chocolate, Laura Esquivel
    - Aparição, Vergílio Ferreira
    - Budapeste, Chico Buarque
 
9. Que livro estás a ler neste momento?
    -  Para sempre, Vergílio Ferreira
    -  Eu só penso no sol, Alberto Caeiro
    -  Natureza morta, Paulo José Miranda

10. Indica dez amigos para o Meme Literário.
    - Beijos & papas
    - Bitas journey
    - Blanche neige
    - Avozinha
    - Caixa da tralha
    - Erva cidreira
    - Janela azul
    - Por aqui e por ali
    - Receitas da Andreia
    - Tempo aberto
    ...ou qualquer outra pessoa!

Os problemas no Blogger...

...estragaram-me alguns dos meus tags! Não consigo perceber se é irreversível, mas se não é, estou sem ideias para voltar a arranjá-los. Aceitam-se sugestões.

11.5.11

Há dois dias atrás


O meu Sinestesia completou 2 anos! Cresceu sem eu me ter apercebido, pois pelo meio se contam uns quantos meses de interregno. Mas no dia 9 de Maio de 2009, escreveu-se assim.
Vou celebrar a data com um pequeno-almoço delicioso!

Stylizimo


Encontrei este blog. É fresco, leve, bonito, inspira-me e dá-me vontade de sonhar com os pormenores da minha futura casa. Já disse que esta fase da vida é encantadora? Estou grata.

10.5.11

Biscoitos

A minha futura cunhada é muito jeitosa gastronomicamente falando e, há umas poucas semanas, ofereceu-me este frasquinho mimoso, cheio de biscoitos leves e deliciosos. Devo dizer que só sobrou um para servir de amostra às fotografias...

9.5.11

{Ainda sobre montar casa}



Porque Bimby + Máquina de fazer pão, me soa lindamente...acabo de receber um telefonema a dizer que em casa dos meus pais me espera uma destas. Estão no Lidl à venda e a um preço acessível. Se eu não soubesse como uma Bimby e uma máquina destas fazem uma óptima equipa, talvez não me convencesse tão facilmente. Além disso, quero a minha cozinha a cheirar a pão acabadinho de fazer.

Serviço de pratos

Eu e o P decidimos que torna-se muito mais simples ir comprando algumas coisas de cada vez, com tempo, porque o que há para adquirir é uma lista imensa e assustadora. Por isso, custa muito menos ir comprando, aos poucos, as coisas que sabemos que não dependem necessariamente da decoração da casa {a não ser que já se tenha em mente}. Do ponto de vista financeiro é bem mais exequível e isso também nos permite comparar preços, sem pressas. 
Acontece que o Ikea e até o Continente, oferecem boas possibilidades e já conseguimos comprar os serviços de pratos, copos e faqueiro. E porque, na minha opinião, os pratos querem-se simples e sóbrios, no Ikea comprámos aqueles que usaremos no dia-a-dia e até aproveitámos para fazer uma brincadeira de cores, misturando este serviço com este {iguais, só muda a cor}. Garanto-vos que é uma ideia gira e que com estes copos {rosa}, fica lindo. Para receber, conseguimos uma promoção óptima com 50% em cartão Continente, neste serviço simples e tão bonito que acompanha {dependendo da ocasião} estes copos.
Ao vivo, fica qualquer coisa. E sim, sempre delirei com coisas para a casa, mas quando de repente se pensa em montar uma, tudo muda. É ainda melhor, porque a cabeça não pára! Isto é a decoradora que há em mim, a falar mais alto...

Celtic woman

É um grupo de quatro irlandesas, com vozes tremendas. Para além de gostar da música e da forma como elas a interpretam, é um grupo que a minha mãe delira ouvir e que tem tudo a ver com ela. Como tal, sempre que as oiço, logo pela manhã, lembro-me do sorriso da minha mãe e da alegria com que, logo pela manhã, começa a cuidar de nós. Ontem foi dia da mãe e da família, mas não é por isso que escrevo este post. Apenas porque ela é uma pessoa muito importante na minha vida! 

É oficial:

Vou viver para Coimbra. Aliás, regressar, uma vez que lá nasci e passei muitos Verões em família. Vai ser a mudança da minha vida (pelo menos para já, não sabendo o que o futuro me traz). Será, igualmente, a decisão que mais vai mexer comigo, pois em Lisboa ficam doces hábitos, lugares bonitos, amigos, igreja e família. Vai ser quase tudo novo para mim, mas o amor tem destas coisas...e Deus também. Apesar de não ser a minha vontade, sinto-me em paz com a ideia de formar uma família numa cidade que até tem revelado ter muito para oferecer. O P sabe o quanto isto me vai custar e tem-me ajudado a descobrir as pequenas maravilhas de Coimbra, à beira-rio plantada. 
E porque é importante focar no essencial, as importantes lições que retiro deste novo dado na minha vida, são:
1. Os planos de Deus são bem mais altos que os nossos.
2. Estarmos dispostos a mudar simplifica o processo.
3. Amar alguém exige adaptação e capacidade de abdicar.

6.5.11

Acordei

Com uma vontade enorme de pegar na minha nikon e ir à procura de árvores como esta. Não me quero repetir, mas tenho mesmo muitas saudades de fotografar. Isto até me faz mal!

4.5.11

Draw me close


Draw me close to you
Never let me go
I lay it all down again
To hear you say that I'm your friend
You are my desire
No one else will do
Cause nothing else can take your place
To feel the warmth of your embrace
Help me find the way
Bring me back to you


You're all I want
You're all I've ever needed
You're all I want
Help me know you are near


       {Michael W. Smith}

2.5.11

Casamento lowcost

Este conceito surgiu com o meu desejo em simplificar e economizar um dia tão especial e marcante, mas que considero que deve ser vivido com sobriedade e simplicidade.
No que toca a casamentos, sou do mais básico que há e as minhas preferências acabam sempre por recair sobre coisas simples e leves. Em 25 anos nunca fui muito de planear na minha cabeça ao pormenor tudo o que gostaria que acontecesse nesse dia, mas por outro lado, sei bem o que quero e não quero. Sim, sou pragmática e sim, nunca me pus a sonhar detalhadamente com o meu casamento. Na minha opinião, as vantagens são muitas! Uma delas é vermos as coisas a acontecer e deixarmo-nos surpreender com relativa facilidade.
Eu e o P somos um dos raros casos em que, por um preço inacreditável, encontrámos a quinta que nos vai acolher com as melhores condições num dia tão importante, sem sequer termos visitado outras quintas! Há coisas que acontecem de forma incrível e que me deixam incrédula. É que descobri que Alguém sonhou e planeou o nosso casamento, sem eu própria nunca ter desejado tanto. Só lhes posso chamar de bençãos!

Vida partilhada

Vi este vídeo {do filme Up}, de coração sensibilizado, nas páginas do Bom feeling. Nem vos digo como, nesta minha fase da vida, ele faz sentido e me deixa a pensar. Partilhar a vida com alguém é MESMO um desafio.

Mais uns meses

...e vejo-me livre da minha senhoria (etc.)!

Senhor,

Sonda o meu coração e vê a minha gratidão.