27.4.12

18.4.12

"A providência triunfante de Deus

O plano de Deus é perfeito. Ele já nos destinou para a glória. Não importa quão estreito seja o caminho, quão cheio de espinhos seja a estrada, ou quão furiosos sejam os inimigos que nos espreitam, nossa chega é certa e nossa vitória é segura." {extracto de um artigo recebido por email}

16.4.12

A 3 meses...

Subitamente, tudo é mais real!

13.4.12

Humm...{2}

Humm...

11.4.12

Acidentes cromáticos

O que é que se faz quando pintamos três paredes num tom que não era bem o que pensávamos e quando cada cêntimo vale ouro? Aguenta-se e remedeia-se!...

8.4.12

Porque Ele vive, cantamos alegres:

Hino 99, CC
Ressureição

Eis morto o Salvador
Na sepultura!
Mas com poder, vigor,
Ressuscitou.

Da sepultura saiu!
Com triunfo e glória ressurgiu!
Ressurgiu vencendo a morte e o seu poder
Pode agora a todos vida conceder!
Ressurgiu! Ressurgiu!
Aleluia! Ressurgiu!

Tomaram precaução
Com o sepulcro;
Mas tudo foi em vão
Para o reter.

A morte conquistou
Com grande glória!
Oh! graças! Alcançou
Vida eternal.

~ ~ ~ ~ 

Hino 123, CC
Bendito Cordeiro

Seja bendito o cordeiro
Que na cruz por nós padeceu!
Seja bendito o seu sangue
Que por nós pecadores verteu!
Eis nesse sangue lavados,
Com roupas que tão alvas são,
Os pecadores remidos,
Que perante seu Deus hoje estão!

Alvo mais que a neve!
Alvo mais que a neve!
Sim, nesse sangue lavados,
Mais alvo que a neve serei!

Quão espinhosa a coroa
Que Jesus por nós suportou!
Oh! Quão profundas as chagas
Que nos provam o quanto Ele amou!
Eis, nessas chagas, pureza
Para o mais torpe pecador,
Pois que mais alvos que a neve
O teu sangue nos torna, Senhor!

Se nós a ti confessarmos,
E seguirmos na tua luz,
Tu não somente perdoas,
purificas também, ó Jesus;
Sim, e de todo o pecado!
Que maravilha dessa amor.
Pois que mais alvos que a neve
O teu sangue nos torna, Senhor!

1.4.12

Ciclos

Terminou hoje uma etapa importante na vida da nossa família. Desde o dia em que nasci, até hoje, sempre vi os meus pais à frente de um projecto o qual abraçámos com toda a dedicação e amor. Por ter crescido num ambiente tão característico, imaginar os meus pais fora deste projecto soa a algo que não faz sentido, como se eles e a APEC fossem um só. Deus chamou-os para novos projectos e levantou outros obreiros para este que fica para trás, com 30 anos dedicados. É quase uma vida e mudanças assim não são fáceis de assimilar. Vi-os envelhecer cansados mas felizes, à frente de uma organização que cresceu indescritivelmente, pela graça de Deus. Muitas foram as alegrias e muitas as tristezas ao longo dos anos, mas o que mais admiro neles é a consciência de que os homens podem destruir, mas Deus edifica algo ainda maior. Porque "Se o Senhor não edificar a casa, em vão trabalham os que a edificam. Se o Senhor não guardar a cidade, em vão vigia a sentinela" {Salmo 127.1}. Apenas a Deus prestamos contas e a Ele devemos um verdadeiro comprometimento. Este distanciamento do que é mau e nos pode desgastar é um exercício tão necessário, quanto difícil. Pois o que realmente importa é glorificar a Deus em tudo, ainda que muitos se levantem para nos desmotivar, prejudicar e fragilizar.
Enquanto filha, sinto-me particularmente privilegiada por ter tirado proveito das oportunidades que esta obra me proporcionou e o crescimento que ela me permitiu ter. Sei que foi determinante e fez a diferença em quem hoje sou. Abençoada? Muito. Histórias e experiências? Imensas. Dois exemplos de vida, que me servem de referência? Completamente. Não há palavras para o que vi Deus fazer. E em mim também.